Círio de Nazaré: Festa da fé, festa da vida.

Participar, viver o Círio de Nazaré, é uma experiência única, indescritível, porque toca o coração e a alma na sua dimensão mais profunda, que em palavras não se consegue exprimir. O Círio de Nazaré acontece na Arquidiocese de Belém, e já está na sua 216ª edição. Tive a oportunidade de participar das três últimas edições pela graça de Deus que me enviou em missão nesta terra. A marca que o Círio de Nazaré deixa registrada em minha vida é a capacidade, a força, o poder que Maria, a Virgem de Nazaré, a Rainha da Amazônia, possui para convocar e reunir tamanha multidão de romeiros (este ano chegou a 2.100.000). São todos filhos de Maria, das mais diversas classes sociais, provindos das mais diversas regiões do Estado do Pará, do Brasil e até do exterior que reunidos em torno de Maria se colocam no mesmo caminho da Mãe, como peregrinos e discípulos, manifestando com alegria, pelas ruas de Belém – a Casa do Pão, e municípios próximos onde a imagem faz seu percurso de peregrinação, nos dias anteriores ao Círio. São momentos fortes onde se vê da parte das pessoas as mais variadas expressões de fé, nas ruas, casas, comércios, tudo ornamentado com arte e estilo, como só quem ama Maria sabe fazer para melhor acolhê-la e recebê-la. È muito lindo ver que a passagem de Maria pelas ruas não deixa ninguém em casa, o povo sai para a rua, levantando seu olhar de fé em direção à imagem da Virgem de Nazaré, e assim com o levantar das mãos elevam suas preces de louvor, gratidão pelas graças recebidas e suplicam confiantes, bênçãos sobre os sonhos que almejam alcançar. No coração, como expressam em suas preces, fica a certeza de que Maria de Nazaré não os decepcionará, confirmando assim, o que a Igreja diz de que Maria é a Estrela da Evangelização. O Círio de Nazaré nos torna discípulos (as) e missionários (as), nos ensina a ser Igreja, a sermos fraternos e solidários com os irmãos (ãs) de caminhada, fortalece-nos na fé, edifica-nos no amor, intensifica a nossa esperança, enfim nos motiva a caminhar de um jeito novo, pois como ela somos bem-aventurados porque acreditamos. Quem participa do Círio se torna mais mariano e volta seu olhar para Jesus no comprometimento com o seu Reino. video
Ir. Inês Soethe Marcos

Nenhum comentário: